Última Atualização: 18/11/2014

 

O câncer de mama é o mais incidente na população feminina mundial e brasileira, excetuando-se os casos de câncer de pele não melanoma. Políticas públicas nessa área vêm sendo desenvolvidas no Brasil desde meados dos anos 80 e foram impulsionadas pelo Programa Viva Mulher, em 1998. O controle do câncer de mama foi reafirmado como prioridade no plano de fortalecimento da rede de prevenção, diagnóstico e tratamento do câncer, lançado pela presidente da República, em 2011.

As diretrizes aqui apresentadas atualizam a linha de cuidados e apontam o papel e as ações do INCA no controle do câncer de mama. O objetivo é oferecer aos gestores e aos profissionais de saúde subsídios para o avanço do planejamento das ações de controle deste câncer, no contexto da atenção integral à saúde da mulher e da Estratégia de Saúde da Família como coordenadora dos cuidados primários no Brasil.

 

Notícias
Medicamento de alto custo para câncer de mama será incorporado no SUS Exposição A Mulher e o Câncer de Mama no Brasil ganha versão onlineDiretrizes para a Detecção Precoce do Câncer de Mama no Brasil em consulta pública
Agenda Estratégica
Eixos e ações prioritários para o controle do câncer de mama no Brasil
SISMAMA
Sistema de Informação do Câncer de Mama, desenvolvido pelo INCA e DATASUS, para apoiar o gerenciamento das ações de controle da doença.
 
Painel de Indicadores
Auxilia profissionais de saúde e gestores no acompanhamento das ações de rastreamento do câncer de mama e, em especial, dos indicadores que fazem parte do Pacto pela Vida.
 
Controle e garantia da qualidade em Mamografia
O INCA, em parceria com o Colégio Brasileiro de Radiologia (CBR) e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) elaborou as bases de um Programa que o Ministério da Saúde implantará em todo o território nacional.



Copyright © 1996-2014 INCA - Ministério da Saúde
Praça Cruz Vermelha, 23 - Centro - 20230-130 - Rio de Janeiro - RJ - Tel. (21) 3207-1000
A reprodução, total ou parcial, das informações contidas nessa página é permitida sempre e quando for citada a fonte.
Gerenciado pelas divisões de Comunicação Social e Tecnologia da Informação