AGÊNCIA DE NOTÍCIAS
Notícias
Rádio INCA
 
ACESSO À INFORMAÇÃO
CÂNCER
O que é
Prevenção
Tipos de Câncer
Tratamento
Transplante de Medula
Cuidados Paliativos
Orientações ao Paciente e Familiares
INCA
Sobre o Instituto
História
Transparência Pública
Voluntariado do INCA
Como ser atendido no INCA
AÇÕES E PROGRAMAS
O que é
Agenda Estratégica
Programas e Ações no Brasil
Cooperação Internacional
Datas Institucionais
ENSINO E PESQUISA
Educação em câncer
Ensino
Pós-graduação stricto sensu
Pós-graduação lato sensu
Ensino técnico
Educação a distância
Pesquisa
Comitê de Ética em Pesquisa
COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO
Comunicação em Câncer
Agência de Notícias
Sala de Imprensa
INCA na Mídia
Rede de Bibliotecas
Publicações
ESTATÍSTICAS DO CÂNCER
 
NOTÍCIAS

Esquema de vacinação contra HPV no SUS passa a ter duas doses

Veja a Galeria de Fotos!
Jan 7, 2016

O Ministério da Saúde (MS) anunciou ontem que o esquema vacinal contra o papilomavírus humano (HPV) passa a contar com duas doses da vacina, em vez de três. Segundo o MS, estudos recentes mostram que o esquema com duas doses apresenta uma resposta de anticorpos em meninas saudáveis de 9 a 14 anos não inferior à resposta imune de mulheres de 15 a 25 que receberam as três doses.

A vacina contra o HPV faz parte do Calendário Nacional de Vacinação do SUS para meninas de 9 a 13 anos. A segunda dose da vacina deve ser administrada seis meses após a primeira. "É importante que as meninas tomem as duas doses, já que uma dose não é suficiente para que haja proteção", alerta Maria Asuncion Solé Pla, tecnologista da Divisão de Detecção Precoce do INCA.

O HPV é um vírus capaz de infectar a pele e mucosas e alguns tipos podem causar o câncer do colo do útero. "A vacina protege contra os tipos do HPV responsáveis por 70% dos casos de câncer do colo do útero", explica Asuncion. Quarto tipo de câncer mais frequente em mulheres no País, estima-se que mais de 16 mil mulheres venham a desenvolver a doença este ano.

A tecnologista do INCA lembra ainda que mesmo as meninas vacinadas não devem deixar de realizar o exame citopatológico do colo do útero (Papanicolau) quando atingirem a idade recomendada (25 anos).

Copyright © 1996-2018 INCA - Ministério da Saúde
Praça Cruz Vermelha, 23 - Centro - 20230-130 - Rio de Janeiro - RJ - Tel. (21) 3207-1000
A reprodução, total ou parcial, das informações contidas nessa página é permitida sempre e quando for citada a fonte.
Gerenciado pelas divisões de Comunicação Social e Tecnologia da Informação