TIPOS DE CÂNCER
Anal
Bexiga
Boca
Colorretal
Colo do Útero
Esôfago
Estômago
Fígado
Infantil
Laringe
Leucemia
Linfoma de Hodgkin
Linfoma não-Hodgkin
Mama
Ovário
Pâncreas
Pele Melanoma
Pele não Melanoma
Pênis
Próstata
Pulmão
Testículo
Tumores de Ewing
 
ACESSO À INFORMAÇÃO
CÂNCER
O que é
Prevenção
Tipos de Câncer
Tratamento
Transplante de Medula
Cuidados Paliativos
Orientações ao Paciente e Familiares
INCA
Sobre o Instituto
História
Transparência Pública
Voluntariado do INCA
Como ser atendido no INCA
AÇÕES E PROGRAMAS
O que é
Agenda Estratégica
Programas e Ações no Brasil
Cooperação Internacional
Datas Institucionais
ENSINO E PESQUISA
Educação em câncer
Ensino
Pós-graduação stricto sensu
Pós-graduação lato sensu
Ensino técnico
Educação a distância
Pesquisa
Comitê de Ética em Pesquisa
COMUNICAÇÃO E INFORMAÇÃO
Comunicação em Câncer
Agência de Notícias
Sala de Imprensa
INCA na Mídia
Rede de Bibliotecas
Publicações
ESTATÍSTICAS DO CÂNCER
 
Boca

Regiões anatômicas e prognósticos

Veja a Galeria de Fotos!
A cavidade bucal está dividida nas seguintes áreas:

• Lábios;
• 2/3 anteriores da língua;
• Mucosa jugal;
• Assoalho da boca;
• Gengiva inferior;
• Gengiva superior;
• Área retromolar;
• Palato duro.

Todas as áreas apresentam drenagem linfática para o pescoço, sendo que a primeira estação de drenagem inclui os linfonodos júgulo-digástricos, júgulo-omo-hioideos, submandibulares e submentonianos (ou seja, níveis I, II e III). Linfonodos do segundo escalão de drenagem são os parotídeos, os jugulares e os cervicais posteriores (superiores e inferiores).

A maior parte dos tumores malignos da cavidade bucal é constituída pelo carcinoma epidermóide, que se classifica em: bem diferenciado, moderadamente diferenciado e pouco diferenciado.

Embora apresentem menor incidência, deve-se citar outros tipos de tumores que podem ocorrer na cavidade oral, tais como: os tumores salivares (das glândulas salivares menores e da sublingual), os sarcomas (os de origem vascular, os musculares e os ósseos) e o melanoma de mucosa.

O prognóstico de pacientes com câncer de cavidade oral depende da área da cavidade oral comprometida e do estadiamento do sistema TNM (Classificação de Tumores Malignos). As lesões situadas nas porções mais anteriores e as lesões iniciais (I-II) têm um prognóstico melhor em comparação com as lesões avançadas (III - IV).

Figura 1 - Sobrevida em relação ao estadiamento
Sítio primário Sobrevida em cinco anos
  Percentual / Estádio
I II III IV
Língua oral 35-85 26-77 10-50 0-26
Assoalho da boca 58-75 40-64 21-43 0-15
Rebordo gengival 73 41 17 0-10
Mucosa jugal 77-83 44-65 20-27 0-18
Área retromolar 70 57,8 46,5 0-10
Palato duro 60-80 40-60 20-40 0-30
Copyright © 1996-2018 INCA - Ministério da Saúde
Praça Cruz Vermelha, 23 - Centro - 20230-130 - Rio de Janeiro - RJ - Tel. (21) 3207-1000
A reprodução, total ou parcial, das informações contidas nessa página é permitida sempre e quando for citada a fonte.
Gerenciado pelas divisões de Comunicação Social e Tecnologia da Informação